We use our own and third-party cookies to improve browsing and provide content of interest.

In continuing we understand that you accept our Cookies Policy. You can modify the cookies storage options in your browser. Learn more

I understand

Instalações com autoconsumo instantâneo

autoconsumo

O que é o autoconsumo instantâneo?

O autoconsumo instantâneo consiste em gerar uma mesma energia eléctrica e consumi-la no mesmo momento.
Esta forma particular de geração eléctrica está a aumentar notavelmente, apesar da lei vigente nalguns países como Espanha, já que é precisamente esta forma de geração eléctrica a que permite autorizar as instalações de geração como uma instalação eléctrica qualquer. Isto simplifica e torna mais barata a gestão da instalação fotovoltaica perante as autoridades, de tal forma que a torna, legalmente, equivalente a um gerador diesel.

 esquema-autoconsumo-instantâneo

Devido a esta simplificação, cada vez mais consumidores e comunidades autónomas em Espanha estão a interessar-se pelo autoconsumo instantâneo como fonte energética alternativa, eficiente e mais económica.

Como podemos assegurar-nos que cumprimos a legislação em matéria de autoconsumo?

Para que a nossa instalação fotovoltaica cumpra esta legislação espanhola, devem reunir-se três requisitos:

• Que não seja injectada electricidade gerada na rede de distribuição eléctrica,
• Que seja cumprida a normativa europeia “anti-islanding” (anti-ilha) que não permite que um gerador autónomo forneça electricidade se não existir fornecimento da rede de distribuição eléctrica.
• Que sejam cumpridas as normas de segurança vigentes

Podemos portanto ver que a chave mais importante consiste em cumprir com a ausência de injecção na rede de distribuição e a normativa “anti-islanding”, conseguindo-se tudo isto graças aos Kits de Controlo Dinâmico de Potência (CDP) da CIRCUTOR.

kit-autoconsumo-circutor

Kits de Controlo Dinâmico de Potência (CDP) para autoconsumo

Quem pode beneficiar do autoconsumo instantâneo?

Em Espanha, cada vez mais consumidores particulares e industriais estão a usar autoconsumo instantâneo de energia fotovoltaica, uma vez que, a longo prazo, a energia solar fotovoltaica é competitiva. De facto, as mesmas companhias eléctricas tradicionais estão a oferecer este tipo de instalações aos seus clientes, sobretudo na indústria.

Em países em vias de desenvolvimento ou consumidores isolados, também se torna interessante o autoconsumo instantâneo, já que:

• A energia é cara,
• O fornecimento pode ser deficiente em qualidade,
• O fornecimento de electricidade é de difícil acesso,
• Existe um aumento crescente de consumo de energia eléctrica.

Nestes ambientes, podem criar-se micro-redes a preços competitivos e que não dependam de grandes infra-estruturas nem de grandes empresas. O gasóleo tem sido uma solução habitual nestes casos, mas muitas vezes não se pode aceder ao local de consumo e corre-se o risco de ficar sem fornecimento eléctrico se o envio de gasóleo para a zona se atrasar.

Existem exemplos de autoconsumo instantâneo?

Actualmente já dispomos de exemplos reais de autoconsumo instantâneo, onde, graças à geração e autoconsumo de energia eléctrica fotovoltaica, os clientes estão a amortizar o seu investimento e a obter uma poupança significativa.

Como caso concreto temos um pequeno hotel e restaurante em Sant Cugat (Barcelona), que quer aproveitar o autoconsumo fotovoltaico.
A potência que consome anualmente é de 241.731 kWh e, devido à pequena superfície disponível para as placas fotovoltaicas, só podiam auto-gerar 20.149 kWh por ano, cerca de 8% do total. Ainda assim, o cliente recuperou o investimento no décimo ano, prevendo ao cabo de vinte e cinco anos um total de 65.176,35 € de poupança.

gráfico-autoconsumo

Apesar de dispor de pouca superfície de painel fotovoltaico, o cliente pôde economizar 8% da energia de que necessitava

No gráfico superior, vemos o consumo eléctrico da rede eléctrica, sendo o verde o autoconsumo proveniente de energia fotovoltaica. Veja-se que em caso algum existe injecção de electricidade à rede eléctrica.

Conclusões sobre o autoconsumo instantâneo

O quadro legislativo actual para instalações de autoconsumo instantâneo permite realizar inversões que são amortizadas num prazo razoável e permite dispor de um fornecimento eléctrico mais barato e eficiente. Para tal, há que cumprir a normativa vigente e é sempre adequado realizá-lo através de um estudo técnico adequado. Em situações nas quais o mercado financeiro tradicional não está receptivo, o financiamento através de empresas afins é viável e muito útil.

Se necessitar de consultar-nos, não hesite em contactar-nos na divisão de energias renováveis da CIRCUTOR: central@circutor.com

circutor32x32

Contacto

CIRCUTOR, SA
Vial Sant Jordi s/n, 08232
Viladecavalls (Barcelona) Spain
Tel: (+34) 93 745 29 00
Fax (+34) 93 745 29 14

Serviço de Assistência Técnica

(+34) 93 745 29 19

SAT