We use our own and third-party cookies to improve browsing and provide content of interest.

In continuing we understand that you accept our Cookies Policy. You can modify the cookies storage options in your browser. Learn more

I understand

Notícias

Retire o dinheiro do banco e ponha-o no telhado

ligado .

O sistema, fornecido integralmente pela CIRCUTOR é formado por 66 módulos fotovoltaicos de 240 Wp e 3 inversores monofásicos de 6 kW. Cada inversor converte a energia solar captada por 22 módulos e injecta a mesma numa das fases do sistema trifásico. O controlo dinâmico de potência - CDP0- atribui uma consignação de produção máxima a cada inversor que pode retirar o máximo de rendimento do sistema sem perigo de criar corrente inversa em qualquer fase.

A família Pàmies tem vindo a trabalhar a terra, há várias gerações, e tem fornecido à sociedade de produtos hortícolas com a melhor qualidade e critérios, como sua primeira missão. Miquel y Josep Pàmies inovaram na produção e na oferta de produtos durante a sua trajectória profissional, chegando a contar com cerca de 15 trabalhadores nos períodos de produção elevada nos 7 hectares de trabalho.
Mais informações: http://www.pamiesvitae.com/

Fruto da adaptação das infra-estruturas da exploração agrícola é a construção da actual nave industrial em 2002, onde se realizam trabalhos de gestão e escritórios, recepção, limpeza, reembolsos e caixa de produtos agrícolas frescos, conservação em câmaras frigoríficas e expedição de pedidos. Na actualidade conta-se no espaço com uma loja agrícola onde se oferecem os seus produtos frescos e uma selecção própria de plantas para infusão e complementos nutricionais para a auto gestão da saúde que, juntamente com a produção e a venda em estufa de plantas medicinais vivas, é o último eixo da última década de inovação nos serviços na sociedade a partir da empresa. É promovida esta actividade do impulso à criação da Associação Dulce Revolución das Plantas Medicinais, com sede em Balaguer, que conta com a utilização de instalações da empresa para o desenvolvimento de parte das suas actividades.

Miquel e Josep Pàmies se destacaram durante estes últimos anos devido ao seu activismo social, combatendo de frente a utilização de agro-químicos e a implantação dos cultivos transgénicos. E ambos sempre mostraram um grande interesse e actuaram no ambiente energético com fontes renováveis, e é pelo interesse que os investimentos realizados num pioneiro de secagem ao sol de plantas medicinais de 10 kW de potência e em outro posterior de 35 kW recentemente ampliado criado por Ricard Guiu. Sendo uma das poucas empresas estatais que utiliza a secagem ao sol com uma importante poupança energética e redução de impacto de emissões de CO2. Ambos em pleno rendimento durante a temporada (8 meses) de produção da planta medicinal.

noticia-pamies-2

O consumo de energia eléctrica para as instalações de frio e a actividade na nave industrial e para o sistema de bombeamento de água de rega na exploração agrícola, juntamente com as condições especiais de limitação da rede de abastecimento eléctrico, fizeram com que a família Pàmies contará desde o início da implementação mais generalizada de geradores fotovoltaicos, com a ideia de intervir e implementar a melhoria do fornecimento da energia a partir da vertente técnica, de segurança e como investimento também de cariz social no apoio à expansão da economia solar. A empresa desenvolve também um destacado papel na formação em temas de autogestão da saúde e o design em Permacultura, realizando visitas guiadas, intercâmbio de conhecimentos e oficinas de formação.

Desde 2011, um projecto de instalação fotovoltaica criado pela engenharia AdeInnova manteve-se em espera de execução até dispor de garantias técnicas e económicas que garantiram a viabilidade do projecto. A monitorização durante dois anos dos consumos gerais de electricidade e seu posterior relatório, indicam a idoneidade técnica de contar com um gerador solar fotovoltaico entre 10 e 20 kWp. Ao mesmo tempo, a partir da Pàmies Horticoles seguiam-se os avatares de bloqueio governamental e do oligopólio energético ao desenvolvimento, considerado natural e necessário, de um sistema energético com base na poupança, eficiência e geração energética a partir de fontes renováveis. As exigências até 2013 da instalação de um ponto de ligação para a instalação solar fotovoltaica de autoconsumo complicaram a decisão, levando-a a entrar em standby até que a engenharia AdeInnova e a equipa de instaladores da cooperativa Coeco informaram de um novo marco técnico legal indicado pela Secretaria da Indústria da Generalitat de Catalunya para realizar a instalação sem necessidade de ponto de ligação, sempre que esta conte com tecnologia de limitação de injecção à rede de distribuição, que no caso do projecto, ficou garantido pela empresa fabricante a partir do equipamento de controlo dinâmico de potência (CDP) CIRCUTOR.

Projecto

noticia-pamies-1

Em Maio de 2014, a AdeInnova foi apresenta a actualização do projecto de autoconsumo fotovoltaico e, após a sua análise, é tomada a decisão de investimento com o objectivo de reduzir a factura eléctrica, eliminando provavelmente quase por completo o uso do gerador a gasóleo de apoio, devido a deficiências da rede de fornecimento e picos de consumo, melhorar a qualidade de serviço energético e reduzir uma percentagem das sanções por excessos de potência contratada (25 kW) que ocorrem precisamente em numerosos momentos de actividade solar, durante o dia e devido ao uso intensivo das câmaras de frio e a programação de riscos.

A Pàmies Horticoles SL actua na qualidade de promotor e selecciona o kit de autoconsumo instantâneo de 15,8 kWp fornecido com uma tecnologia de controlo completa e garantida e perda zero para a rede de distribuição, o denominado CDP, da empresa CIRCUTOR, sendo o kit constituído por:

Elemento Unidades
Inversor Fronius IG Plus 60v-1 (monofásico) 3
Cartão COM-CARD Fronius IG 3
MC3-125 Amp. Transformador de intensidade 1
MC3-63 Amp. Transformador de intensidade 1
Módulos solares 240 Wp 66
Estruturas  66
CDP (Controlo Dinâmico de Potência) 1
Combiner Box (CB) 1

Começa-se a instalação por parte da cooperativa Coeco a partir de 29 de Julho de 2014 e a entrega desta proposta, coincide com a colocação do último dos 66 painéis FV.

Continua-se com a preparação do espaço de colocação dos inversores e caixa de elementos e medidores. Dado o valor socializador que para além do mais se pretende com a instalação e, a contar com 145 metros de distância entre o ramal de ligação e o lugar mais visível para o público, a empresa destinou um fundo extra de 1500 euros para que isto seja possível. Os principais elementos de controlo e transformação contarão com um painel explicativo e imagens da instalação. Para além disso, realiza-se a instalação de um equipamento de monitorização a partir da AdeInnova para seguir através da internet o estado de produção da instalação, a recolha e o armazenamento de dados.

Objectivos técnicos e económicos

  • Pacote de energia de 580.000 kWh com um custo fixo de 0,045 €/kWh durante 25 anos
  • Retorno do investimento desde o momento zero
  • Custo unitário da instalação "chave na mão" de 1,60 €/Wp
  • Custo de manutenção mínimo
  • Redução de sanções por excessos de potência contratada
  • Redução de horas de gerador de gasóleo, como apoio a picos de consumo

Objectivos sociais

  • 100% da energia eléctrica consumida é energia limpa e verde
  • Responsabilidade social com o ambiente
  • Comunicação de dados gerais da instalação a cidadãos visitantes (8000/ano)
  • A instalação servirá para trabalhos de formação e comunicações técnicas
  • Promoção junto de indústrias do sector para animar o investimento solar
  • Apoio à economia solar, organizações e pequenas empresas do sector

Consultar novidades na Seção Novidades.
Seguir as mensagens no Twitter, e LinkedIn.

circutor32x32

Contacto

CIRCUTOR, SA
Vial Sant Jordi s/n, 08232
Viladecavalls (Barcelona) Spain
Tel: (+34) 93 745 29 00
Fax (+34) 93 745 29 14

Serviço de Assistência Técnica

(+34) 93 745 29 19

SAT